Todo o conteúdo deste Blog é de minha autoria (fotos, textos, filmes), salvo menção expressa. A reprodução é permitida, desde que: a) não haja edição; b) sejam dados os devidos créditos e citada a fonte; e c) não seja feito uso comercial. Agradeço se me informarem.

sábado, 9 de julho de 2016

Celebração!!!

Em celebração ao 20.000o acesso a este BuniTing, resolvi escrever algo bem alegre e leve, divertido e bem humorado... foi então que rapidamente pensei na minha alegria matinal hoje ao comer uma maçã com casca e tudo, saborosa e suculenta. Uma maçã orgânica, produzida sem veneno nenhum, pelas mãos de uma família agricultora. Não tive como evitar de pensar na Lei sancionada pelo nosso atual presidente da república que abre brechas que facilitam a pulverização de agrotóxicos sobre as cidades. Como alguém pode sequer conceber essa possibilidade? Quão bizarro é imaginar que alguém suba num avião em perfeita consciência e derrame veneno sobre a cabeça de crianças, velhos, mulheres grávidas, bichos, pessoas e plantas indiscriminadamente? Como pode ser possível conceber uma cena dessas em tempos de doenças esquisitas pipocando por toda parte? Mas aconteceu. O nosso presidente assinou. Então, existem pessoas ainda capazes de pensar em algo assim. Afinal, os negócios do setor de pulverização aérea andam em baixa e as perspectivas futuras são nebulosas com a irritante militância desses ecologistas que não percebem o dano que causam à economia do país. É duro ter investido numa frota de aviões preparados para pulverização aérea e, de repente, fica proibida a pulverização aérea de agrotóxicos em todo o Planalto Central por força do Plano de Manejo da APA do Planalto Central. Há que se encontrar soluções... Se vc olha o mapa da APA, verá que poucas áreas do DF estão de fora. Principalmente a cidade! Mas o mais perverso nem é isso. É que há suspeitas de que a microencefalia tem mais que ver com o veneno aplicado para combater o mosquito do que com a virose em si. Pense!

Uau... eu disse que ia falar algo leve e divertido para celebrar. Então penso na alegria de ver que o número de pessoas conscientes cresce a cada dia, que nossas crianças já estão nascendo percebendo tudo o que está acontecendo e com o coração capaz de amar o mundo inteiro, que flores desabrocham no quintal em resistência à seca e às chuvas de veneno que porventura se derramarão sobre nossas cabeças. Como essas aqui...


































 





Um comentário:

  1. A serio? Nem dá para acreditar, pulverizar a cidade? estou chocada!...

    ResponderExcluir